3 Vestindo o seu Poder: Mantra Om Mani Padme Hum

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Mantra Om Mani Padme Hum

Mantra é o objeto, um som sagrado que vai aquietando a sua mente e você entra em contato com aquilo que representa teu próprio ser. Pode ser mentalizado durante todo o dia este ou qualquer outro mantra, com concentração e foco.
O mantra mais forte e utilizado da tradição tibetana é o Om Mani Padme Hum (os tibetanos  pronunciam Om Mani Peme Hum). Em varias escolas de ocultismo, de meditação, de tantrismo,ele é  um dos mais poderosos mantras. Segundo Helena P. Blavatsky é associado à divindade da compaixão, da cura, Avalokitesvara, um paralelo à figura de Maria no catolicismo.
 Neste mantra a sílaba Om representa a presença física de todos os mestres de cura, todos os mestres de meditação. A palavra Mani simboliza aquilo que permite que se realizem vários anseios da alma e não do ego. Quando se pronuncia o Om se entra em totalidade com o Universo, Mani faz com que se torne uma pessoa verdadeira. A palavra Padme significa Lótus, a flor que nasce no lodo, nasce da sujeira, mas não se envolve com a sujeira; da mesma maneira nós devemos deixar desabrochar as qualidades positivas superando toda a negatividade que nos cercam. A sílaba Hum representa a mente iluminada, um grito de limpeza, tem um som de proteção, a libertação de tudo aquilo que não faz parte da nossa alma.
Om Mani Padme Hum gera compaixão, tolerância a todos os seres do mundo.
A vocalização ou a mentalização do Om, liberta de tudo aquilo que precisa ser libertado, é o som que afasta o apego. Os tibetanos acreditam que seja necessário concentração na vocalização do Om e não seja pronunciado mecanicamente, e embora seja expresso pela boca ou pela mente, o som vem do coração.
O Mani é o som da transformação, é considerado a jóia da mente ou a pedra filosofal, que nos dá a eternidade. Cria a união com todos os seres. Om Mani Padme Hum representa uma jóia brilhante, cintilante e perfeita.


Fonte :http://www.humaniversidade.com.br/mantram.htm