3 Vestindo o seu Poder: Maio 2013

sexta-feira, 31 de maio de 2013

10 dicas


1. Reconheça que existe um poder superior no universo, maior do que a pequena existência humana.
Você se torna mais humilde.

2. Aproveite as oportunidades de colocar mais amor no mundo.
Você se torna mais adorável.

3. Reserve alguns minutos do dia para refletir ou contemplar algo belo.
Você se torna mais forte.

4. Seja mais receptiva.
Você se torna mais graciosa.

5. Perdoe alguém que você não perdoaria.
Você se torna mais generosa.

6. Reconheça seus erros.
Você se torna mais responsável.

7. Tente enxergar o lado bom dos outros.
Você se torna mais positiva.

8. Reflita sobre o seu modo de pensar e de agir.
Você se torna mais centrada.

9. Abençoe o mundo.
Você se torna uma benção.

10. Dê o melhor de si em cada relação.
Você se torna mais amorosa e próxima de Deus.

Deepak Chopra


domingo, 26 de maio de 2013

Exercitar o cérebro para mantê-lo sempre jovem


Muito se fala sobre como evitar o envelhecimento do corpo, mas nosso cérebro também envelhece e precisa de cuidados especiais e exercícios para se manter jovem e ativo. Ao utilizarmos o cérebro, consumimos energia do nosso corpo: o cérebro consome 20% do total da energia requerida para todo o corpo humano.
A partir dos 25 anos, os neurônios começam a diminuir e o cérebro a "encolher". Também ocorrem alterações bioquímicas, cujas consequências são perdas na função cognitiva, como falhas na memória e uma certa dificuldade de aprender coisas novas.

Apesar de seu envelhecimento natural, o cérebro é um órgão que possui uma grande capacidade de se modificar conforme sua interação com o ambiente. Se ele for estimulado e se mantiver ativo, essas alterações causadas pelo envelhecimento serão mínimas – até mesmo imperceptíveis.

O segredo para manter o cérebro jovem é exercitá-lo. Alguns pesquisadores afirmam que o melhor exercício para o cérebro é estudar. No entanto, é importante ressaltar que atividade intelectual não se refere ao nível educacional, mas sim a atividade mental como um todo.

Dicas para manter o cérebro ativo

EXERCITÁ-LO: existem várias maneiras de exercitar o cérebro, como leitura, jogos de tabuleiro, palavras-cruzadas, quebra-cabeça, e até cozinhar seguindo uma receita são exercícios que estimulam a parte cognitiva.

LAZER: atividades sociais e de lazer também são importantes.  Ler, fazer amizades e compartilhar experiências, assistir um filme ou uma peça teatral, frequentar seminários, visitar museus e viajar para conhecer novos lugares são ótimos estímulos para o cérebro.

MOVIMENTAR O CORPO: a prática de atividade física regular associada à uma alimentação saudável é muito importante para a saúde cerebral e ajudam na produção de neurônios.

ÁLCOOL E CIGARRO: o tabagismo e o consumo de bebida alcoólica também são fatores que podem acelerar o envelhecimento cerebral e prejudicar seu bom funcionamento. As substâncias químicas do cigarro e das bebidas alcoólicas causam a morte de muitos neurônios.

COMBATA O ESTRESSE: a tensão contínua também é um fator que agrava os danos causados pelo envelhecimento natural do cérebro, se atualmente é difícil eliminar as tensões do dia-a-dia é preciso ao menos tentar minimizar seus efeitos ao máximo.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Meditação diária

A cabeça diz: "Pense antes de saltar." E o coração diz: "Salte antes de pensar." Esses dois caminhos são diametralmente opostos. Amar é saltar numa situação perigosamente viva, sem calcular nada de antemão.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Contos Zen: Dádivas Ocultas

Um homem tinha um belo cavalo, e o cavalo era tão raro que até mesmo imperadores haviam pedido ao homem que o vendesse, pelo preço que quisesse, mas ele sempre recusou. Uma manhã ele descobriu que o cavalo havia sido roubado. Todos no vilarejo se juntaram e disseram: “Como você é azarado! Você poderia ter ganhado uma fortuna. Mas você foi teimoso e tolo. Agora seu cavalo foi roubado e você não tem mais nada”.
O homem, contudo apenas riu e falou: “Não digam besteiras! Digam apenas que o cavalo não está mais no estábulo. Deixem o tempo passar, então veremos”.
Quinze dias depois o cavalo voltou, e não estava sozinho. Trouxe consigo mais de uma dezena de cavalos selvagens que viviam na floresta. Todos no vilarejo se juntaram e disseram: “Ele estava certo. Seu cavalo voltou e trouxe mais doze lindos cavalos. Agora ele pode ganhar todo o dinheiro que desejar”.
Ele disse: “Não digam besteiras! Tudo o que sei é que o cavalo voltou com doze cavalos. Ninguém sabe o que vai acontecer.”
No dia seguinte o único filho desse homem estava tentando montar um dos novos cavalos quando caiu e quebrou as duas pernas. Mais uma vez se juntaram e disseram: “Os cavalos foram uma maldição, seria melhor que seu cavalo não tivesse voltado. Agora seu filho ficará aleijado para sempre”.
O homem respondeu: “Não tirem conclusões precipitadas. Apenas podemos dizer que meu filho quebrou as suas pernas, é tudo”.
Algumas semanas mais tarde, todos os jovens do vilarejo foram levados à força pelo governo, porque o país estava prestes a entrar em guerra. Apenas o filho desse homem ficou, pois não servia para marchar. Todos se juntaram e disseram: “Nossos filhos foram levados! Pelo menos você ficou com o seu. Ainda que ele esteja aleijado, ele está aqui. Nossos filhos se foram e o inimigo é mais forte, eles serão mortos”.
Mas o homem disse: “ Digam apenas que seus filhos forma levados pelo governo. Meu filho ficou, mas não se pode concluir nada além disso.”
Limite-se aos fatos. Não pense nas coisas como uma maldição ou uma benção. Não as interprete e, subitamente, você verá que tudo é belo.
O Livro da Transformação, Osho

sábado, 11 de maio de 2013

Faça seu coração vibrar - OSHO



Ser curioso é bom porque é assim que começa a jornada de questionamento da vida. Mas se você não for além dessa curiosidade, não haverá qualquer intensidade nisso. Talvez só pule de curiosidade em curiosidade como um barco à deriva, seguindo ao sabor das ondas, sem nunca ancorar em algum lugar.
A curiosidade é um bom ponto de partida, mas depois é preciso ficar mais passional. E preciso fazer da vida uma busca, não apenas uma curiosidade.
E o que eu quero dizer quando falo que é preciso fazer de sua vida uma busca? São muitas as perguntas, mas a busca é uma só.
Quando uma pergunta se torna tão importante que você se dispõe a sacrificar a própria vida por ela, então ela é uma busca. Quando uma pergunta tem tamanha importância, tamanho significado que você pode arriscar e apostar tudo o que tem, então ela se torna uma busca.

*****

Ser como todo mundo significa fazer parte de todo tipo de mentira que a sociedade chama de etiqueta, de boas maneiras. A razão é clara porque as pessoas falam sobre a verdade e ainda vivem em um mundo de mentiras. O coração delas anseia pela verdade. Elas têm vergonha de si mesmas por não serem verdadeiras, então falam sobre a verdade. Mas isso não passa de mera conversa. Viver de acordo com a verdade é perigoso demais — elas não pedem se arriscar.
E o mesmo acontece com a liberdade. Da boca para fora, todo mundo quer liberdade, mas ninguém é livre de fato e ninguém quer realmente ser livre, porque a liberdade traz responsabilidade. Ela não vem sozinha.

*****

Treinar a mente para a concentração é muito difícil: ela se revolta e continua a recair em antigos hábitos. Você a segura novamente e ela escapa. Você a leva para o assunto no qual estava concentrado e, de repente, descobre que ela está pensando em outra coisa — já até esqueceu em que estava concentrado. Não é uma tarefa fácil.
Mas colocá-la de lado é algo extremamente fácil — não é nada complicado. Tudo o que você tem que fazer é observar. Seja o que for que esteja passando na sua cabeça, não interfira, não tente detê-la, Não faça nada: qualquer coisa que fizer vai virar uma disciplina.
Então não faça absolutamente nada. Só observe.
O que há de mais estranho sobre a mente é que, se você se tornar um observador, ela começa a desaparecer. Assim como a luz dispersa a escuridão, a atenção plena dispersa a mente, seus pensamentos, toda a sua parafernália.

Trechos do livro Faça seu coração vibrar, mestre Osho

Meditação diária


À medida que mudo meus pensamentos, o mundo à minha volta também muda. Todas as mudanças que ocorrerem em minha vida são positivas

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Mantras


Mantras são sons de poder que ativam diferentes frequências espirituais. Tendo sua origem no sânscrito, os mantras são orações milenares cujo alcance vai além da mente. Quando emitido corretamente, exerce um efeito poderoso em nosso corpo e mente, acalma nossos sentidos, relaxa o corpo e nos liga a energias superiores, pois sua vibração provoca a limpeza de energias de vibração mais baixa.
A prática da repetição de mantras recebe o nome de japa, e a prática de mantras musicados recebe o nome de kirtan.
Para contar as recitações, geralmente se utiliza um rosário de cento e oito contas. Considera-se que uma volta do rosário equivale a cem mantras, mas as oito restantes servem para compensar os mantras recitados distraidamente.
O mantra mais conhecido do budismo tibetano é Om Mani Padme Hum (os tibetanos pronunciam Om Mani Peme Hum).
O canto meditativo de mantras nos possibilita a conexão com o divino que habita cada um de nós. A natureza repetitiva do canto nos faz respirar mais profundo e devagar.
Existem estudos mostrando que o canto de mantras reduz os hormônios do stress e aumenta a imunidade, soltando tensões musculares, diminuindo os batimentos cardíacos e aumentando a clareza mental. As ondas mentais se modificam, evocando estados de relaxamento e paz interior.
A energia sutil, chamada de prana, circula por todo o nosso corpo através do conjunto de nadis, que são diferentes fios e ramos que compõem uma espécie de fiação etérica que transpassa o corpo físico à maneira de um campo magnético que se forma em torno de um ímã. O Prana é absorvido em conjunto com o ar pelo sistema respiratório e distribuído para o sistema nervoso através dos chakras, que tem o papel de transformar a energia sutil em vitalidade para o corpo mais denso.

Os mantras são muito importantes nesse processo. As músicas e os cantos sagrados são capazes de ativar esses chakras para que realizem sua função com maior intensidade.
Abaixo temos uma meditação de visualização dos 7 chacras e a entoação de seus respectivos mantras. São apenas 9 minutos para você meditar ativando seus chacras através das cores e dos sons. Bom relaxamento.