3 Vestindo o seu Poder: Música Metal Contra as Nuvens

sábado, 7 de dezembro de 2013

Música Metal Contra as Nuvens

Hoje lembrei-me de uma música da Legião Urbana chamada Metal Contras As Nuvens, do álbum V, de 1991. Na minha opinião esta é a melhor música deles: lindíssima, forte e ao mesmo tempo delicada. É uma pena que muitas pessoas só saibam associar Legião Urbana/Renato Russo apenas às canções Pais e Filhos, Faroeste Caboclo, Eduardo e Mônica, que são ótimas músicas, mas estão perdendo um repertório maravilhoso de canções pouco e nada tocadas nas rádios populares.

O fato é que a letra de "Metal" é muito interessante. Foi escrita pelo Renato como protesto à Era Collor. Incrível que uma poesia como essa seja um protesto politico, coisas de gênios...mas se eu disser algo mais não estarei sendo imparcial. 

Segue um vídeo retirado do Youtube com a versão da música completa. 11:20 de duração ( conforme encarte do CD V ). Optei por uma versão sem imagens, apenas legendas, porque o foco aqui é letra e a melodia da canção mesmo. Espero que gostem e reflitam.
"Não sou escravo de ninguém
Ninguém senhor do meu domínio
Sei o que devo defender
E por valor eu tenho
E temo o que agora se desfaz.

Viajamos sete léguas
Por entre abismos e florestas
Por Deus nunca me vi tão só
É a própria fé o que destrói.
Estes dão dias desleais.
...
É a verdade que assombra
O descaso que condena,
A estupidez o que destrói.
Eu vejo tudo o que se foi
E o que não existe mais.

Tenho os sentidos já dormentes,
O corpo quer, a alma entende.
Esta é a terra de ninguém
E sei que devo resistir 
Eu quero a espada em minhas mãos.
...
Não me entrego sem lutar
Tenho ainda coração.
Não aprendi a me render:
Que caia o inimigo então.

Tudo passa, tudo passará.

E nossa estória não estará pelo avesso
Assim, sem final feliz.
Teremos coisas bonitas para contar.

E até lá, vamos viver.
Temos muito ainda por fazer.
Não olhe para trás.
Apenas começamos.

O mundo começa agora.
Apenas começamos."